quinta-feira, 30 de agosto de 2012

Andaimes: por Ruth Graham.

A famosa Tiananmen (Praça da Paz Celestial) em Pequim, China, estava fechada e rodeada de andaimes de bambus. A estrutura impressionante, originalmente construída durante o reinado do imperador Yung Lo, em 1417, havia sido restaurada em 1651, mas o antigo portão exibia as marcas do tempo, da brutalidade das guerras e revoltas e do ataque da poluição, de modo que uma restauração muito necessária estava em andamento.

Estive na China em 1980 com meu irmão e duas irmãs como parte de uma romaria de duas semanas ao nosso antigo lar. Ao termino da peregrinação, despedimo-nos em Hong Kong. Rosa, minha irmã mais velha, nunca havia viajado para a Europa, e aquela era uma oportunidade imperdível. Então, embarcamos juntas no avião com destino a Atenas.
Na capital grega, conseguíamos enxergar o Pathenon da janela do hotel, mas ele estava fechado, rodeado de andaimes. A poluição havia realizado em poucos anos aquilo que o tempo e as guerras não conseguiram em dois milênios e meio.

Nossa próxima parada era Paris. Jeanette Evans, alguém que conhecemos desde os tempos de colégio, nos recebeu e nos levou a um tour rápido por vários lugares de Paris, e depois nos levou à casa da família de seu marido. como a casa era perto de Versailles, fomos conhecer essa cidade no dia seguinte. Na realidade, conhecemos apenas uma pequena parte dela.
Versailles, completada em 1689, após trinta anos de construção. é um lugar que precisa ser visto pessoalmente para se acreditar! No século 18, anexou-se a Capela Real, construída a tempo para celebrar o casamento de Luís XVI e Maria Antonieta. E o que encontramos? O lugar estava fechado com andaimes.
Depois disso, viajamos 65 quilômetros para ver a magnífica catedral de Chartres, uma das mais belas representantes do estilo gótico francês. Mais uma vez, o lugar estava rodeado de andaimes.

De Paris voamos até Londres, onde um passeio relâmpago é sempre melhor que passeio nenhum, especialmente se inclui uma visita à abadia de Westminster. E o que encontramos ao nos aproximarmos da extraordinária abadia tão cheia de histórias? Isso mesmo: andaimes.

Será que é assim que o mundo vê a igreja?
Apesar de a igreja estar deformada pelas guerras, golpeada pela tempestades e erodida pela contaminação, Deus está trabalhando para restaurar o que é seu - consertando, limpando e purificando. Ele vê o fim a partir do início. Ele nos vê "aperfeiçoados em Cristo". Eis que se aproxima o dia em que "seremos semelhantes a ele". Enquanto isso, porém, o mundo vê principalmente os andaimes.


terça-feira, 21 de agosto de 2012


O grande desvio da igreja. Apocalipse 2:1...

“a maior parte de nossas atividades espirituais não passa de anestésico barato para amortecer a dor de uma vida vazia”.

·        No final do século 18, o historiador Edward Gibbon passou quase vinte anos escrevendo os seis volumes de sua obra-prima Declinio e queda do império romano. Roma é um excelente exemplo  do processo e dos resultados da erosão observados em seu declínio e queda.  Imagine uma nação passando da escravidão à fé espiritual, desta à coragem, em seguida à liberdade, e sucessivamente à abundancia, à complacência, à apatia, à dependência e, ao final, mais uma vez à escravidão. Isso representa a erosão.

1)    Éfeso: uma igreja fundada sobre sólido ensinamento bíblico (Atos 19:8-9). Paulo retornou a Éfeso em sua terceira viagem missionária, encontrou alguns discípulos na cidade e os batizou. A igreja começou na escola de Tirano (Atos 19:10). Paulo ensinou a Palavra de Deus por mais de dois anos, enquanto o Senhor sustentava sua palavra com milagres (Atos 19:11-12).

2)    Crescimento: um corpo à prova de várias maneiras (Atos 19:10-12). De fato, a igreja em Éfeso começou a aumentar, mas também aumentaram as provações. Esteja certo disto: sempre haverá provações espirituais quando a verdade ousada e inflexível da Palavra de Deus foi proclamada. Satanás odeia quando pregamos a Palavra de Deus, quando cremos nela e quando a obedecemos.
·        Atos 19:17-20. Que coisa magnífica! Vidas transformadas e Cristo honrado; doenças curadas e maus espíritos expulsos; a Palavra de Deus causando impacto e a igreja crescendo saudável. Graças a Deus, finalmente as provações terminaram! Errado.

·         A IGREJA NUNCA ESTARÁ LIVRE DE ATAQUES, NEM MESMO DE PERÍODOS DE PAZ (Atos 19:23-27). O templo da deusa grega Ártemis (Diana) situado em Éfeso era uma das sete maravilhas da Antiguidade. Milhares de pessoas percorriam enormes distancias para adorar a deusa daquela cidade. Os artesãos locais faturavam bom dinheiro empurrando aos turistas e peregrinos miniaturas em prata do templo de Artemis.  Até que um certo ourives chamado Demétrio, levantou-se contra a pregação do evangelho (Atos 19:28-29). Faça uma pausa e tente imaginar 25 mil pessoas gritando: “Grande é a Artemis dos efésios”. Por quase duas horas.

·        Paulo se despedindo dos obreiros de efésios (Atos 20:28-31), usa algumas palavras importantes. A primeira palavra resume a incumbência de Paulo à igreja de Èfeso: CUIDEM. A palavra traduz um termo grego que significa “estar em estado de constante prontidão para perceber qualquer perigo, necessidade ou erro futuro, e reagir apropriadamente”.  CUIDEM DE VOCES MESMOS, isto é, atenção à própria erosão pessoal. Paulo prediz a dolorosa verdade de que “dentre vocês mesmos se levantarão homens que torcerão a verdade”.  ALÉM DISSO, também precisam vigiar “todo o rebanho”, ou seja, atentar à erosão congregacional. Lobos vorazes virão, adverte Paulo, e arrebatarão as ovelhas. Proteja-as! Em seguida, Paulo repete a ordem “vigiem”, dessa vez utilizando outro termo grego que aparece várias vezes no Novo Testamento (  Co 16:8-9,13; Marcos 14:37-38; 1 Pe 5:8). E Paulo termina dizendo (Atos 20:31).

3)    Conselho – incentivo e estimulo de um mentor a seu colega tímido (1 Tm 1:3).
·        Sem dúvida os “lobos ferozes” (Atos 20:29), dos quais Paulo advertiu os presbíteros de Èfeso, haviam se infiltrado na igreja de modo que o apostolo Paulo pediu a Timoteo que permanecesse com os efésios para evitar que a erosão congregacional prejudicasse o rebanho (1 Tm 4:12-16). Timóteo era mais jovem que Paulo, tinha provavelmente entre 25 a 40 anos, estava ainda em sua “mocidade”. Além disso, Timóteo era acometido por “freqüentes enfermidades” e provavelmente também sofria por causa de sua timidez.

4)    Depois de trinta anos, erosão.
·        Ao final do primeiro século, João, o discípulo amado, era o único apostolo que restava. Tiago, seu irmão, foi o primeiro a morrer, seguido por Pedro. Paulo também estava morto havia décadas, e todos os outros apóstolos morreram martirizados por sua fé em Jesus. Apenas João ainda sobrevivia como prisioneiro romano, exilado na inexpressiva ilha de Patmos, situada ao sul do mar Egeu. Nessa ilha, João recebe a mensagem de Jesus à igreja de Efeso (Ap 2:1).

·        A igreja de Efeso de fato prestou atenção às palavras de Paulo e permaneceu vigilante contra os “lobos ferozes” que tentaram desviar o rebanho com palavras enganosas. Não obstante, o Senhor tinha outro assunto a tratar (Ap. 2:4): abandonaste o primeiro amor.

·        A frase poderia ser traduzida assim: “aquele teu primeiro amor que abandonaste. Embora fossem cristãos de boas obras e tivessem uma firme doutrina, a devoção deles esfriou e enfraqueceu. O que erodiu na igreja de Éfeso: não foi a doutrina nem as boas obras mas a devoção a Jesus.

·        A erosão pode acontecer sem que a igreja perceba (pois é um processo vagaroso, silencioso e sutil). A erosão acontecerá nas igrejas que deixarem de prestar atenção aos avisos (Èfeso é uma prova disso).
·        “a verdadeira narina cristã deve estar continuamente atenta à fossa interior”. Em palavras menos eloqüentes: “precisamos cheirar nosso próprio fedor”, pois todos nós somos depravados, egoístas e atraídos pelas coisas que o mundo tem a oferecer.

·        “nenhuma arvore apodrece e cai de repente, nenhum casamento termina em divórcio repentinamente, nenhuma escola desaba de uma hora para outra, nenhuma igreja se divide subitamente. Antes,  trata-se de um processo de deterioração e erosão interior que muitas vezes passa despercebido ou, pior, ignorado.

CONCLUSÃO: OBJEÇÕES: 1) “minha vida chegou a um estágio de erosão tão grande que nem vale a pena voltar ao rumo” (1 Co 10:13) ...nenhuma tentação, nenhum teste que surge no caminho de vocês é maior que o enfrentado por outros. Tudo o que vocês precisam fazer lembrar é que Deus não deixará que fracassem. Ele nunca permitirá que sejam pressionados além do limite, mas estará sempre com vocês para ajudá-los a vencer as tentações.  NUNCA É TARDE DEMAIS PARA COMEÇAR A CAMINHAR NA DIREÇÃO CERTA.

2) “entendo muito bem essa erosão que voce descreveu, mas isso nunca acontecerá comigo” (1 Co 10:12) ...não sejam tão ingênuos e autoconfiantes. Vocês não são diferentes. Podem fracassar como qualquer um. Nada de confiar em vocês mesmos. Isso é inútil! Mantenham a confiança em Deus. MSG.


terça-feira, 14 de agosto de 2012


Pós modernismo: e que maneira a Igreja deve reagir ( 2 Timoteo 3:13-17).

“não podemos escolher partes da Bíblia para crer que sejam inspiradas. A Bíblia não se apresenta dessa maneira. Mais que isso, as Escrituras não terão poder de nutrir a vida se o próprio individuo se tornar o árbitro daquilo que deseja ou não acreditar a respeito delas”.

1)    Avisos que precisamos ouvir.

·        Vivemos tempos difíceis. Ou melhor, tempos selvagens. Não lutamos contra a carne e o sangue, mas contra Satanás e suas legiões de demônios. Para piorar, não costumamos levar o inimigo a sério, uma vez que ele é invisível. Ele anda disfarçado de anjo de luz. Ele é uma das criaturas mais belas e brilhantes que Deus criou. De fato, foi sua beleza que o levou à queda em arrogância (Ez. 28:14-17; 2 Co. 11:14). Seu poder de cativar é tão grande que arrastou consigo um terço dos anjos quando foi expulso do céu (Ap. 12:4). Esses anjos se tornaram seus demônios, criaturas sobrenaturais encarregadas de executar planos sinistros e traiçoeiros contra a igreja de Jesus Cristo.

1.1)        Seja realista ao avaliar a época em que vive (2 Tm 3:13).

·        Observe o termo perversos no versículo citado. Alguns sinônimos: “malvados, vis, desprezíveis, depravados, degenerados”. A palavra seguinte, impostores, pode se referir a feiticeiros, mágicos, trapaceiros ou embusteiros.  “pessoas que se desviam da instrução correta e induzem os outros ao erro”. Há ainda outro termo para descrever essas pessoas: charlatões. Paulo acrescenta: “eles irão de mal a pior”. O original diz, literalmente: “melhorarão no pior” – e a motivação deles, conforme observa Paulo, é a mesma de Satanás: o engano. 

·        Eugene Petersen: “Homens inescrupulosos e traidores continuarão explorando a fé, mas são tão enganados quanto as pessoas que eles enganam. Enquanto eles existirem, as coisas irão piorar”.  Ou seja, não se deixa enganar por nenhuma aparência: discursivo persuasivo, folhetos atraentes, apoio de celebridades, grandes multidões, lógica convincente, personalidades simpáticas, nem mesmo Bíblias abertas!

1.2)        Acreditando na verdade em tempos difíceis (2 Tm 3:14-15).
·        A segunda instrução explica como realizar a primeira: convença-se das antigas verdades que aprendeu.  Em outras palavras, “as pessoas perversas e os trapaceiros se tornarão cada vez piores. VOCE, porém, deve perseverar na verdade” ( Tm 1:4-5).

·        “Dê-nos os primeiros sete anos de uma criança, com a graça de Deus, e poderemos desafiar o mundo, a carne e o diabo a estragar aquela alma imortal.”

·        Pesquisa feita pela APEC (Aliança Pró Evangelização das Crianças). Segundo essa pesquisa, 1% das pessoas se converte antes dos 5 anos de idade; 85 %, dos 5 aos 15 anos; 10%, dos 15 aos 30; e 4%, após os 30 anos.

·        O Evangelho é simples e profundo. É simples o suficiente para que qualquer pessoa possa entende-lo e profundo o bastante para que ninguém consiga esgotá-lo.

1.3)         Permaneça firme na palavra inspirada por Deus (  Tm 3:16).

·        Mentalidade atual: “um garoto à frente da sala de aula resolvendo um problema de aritmética no quadro negro. Ele escreve “7 X 5 = 75” e em seguida diz ao seu atônito professor: Pode ser que esteja errado, mas é assim que eu me sinto.

·        Se a Bíblia não é inspirada, isso significa que não tem autoridade. E se ela não tem autoridade, isso significa que seus mandamentos não passam de meras sugestões equivalentes a qualquer outro livro de moral. Além disso, o que a bíblia diz a respeito de Deus não tem mais validade que os escritos sagrados das outras religiões.

·        Pastor Billy Graham: “Pai, vou aceitar este livro como a tua palavra – pela fé! Permitirei que a fé ultrapasse minhas duvidas e meus questionamentos intelectuais, e acreditarei neste livro como sua palavra inspirada”.

·        A Biblia afirma sua própria inspiração: “Toda a Escritura é inspirada por Deus” ( Tm 3:16). Toda a Escritura. Ou seja, literalmente “cada um dos textos”, incluindo cada palavra dos originais em hebraico, aramaico e grego.  A palavra inspirada provem de um termo único que aparece apenas uma vez no Novo Testamento. O adjetivo grego Theopneustos é uma palavra composta por Theos, “Deus”, e “pneustos”, “espírito” ou “fôlego”.  (cf 2 Pe 1:21).

·        Revelação se refere à entrega da verdade por Deus à humanidade, quer em palavras faladas ou escritas. Essa atividade está encerrada (Ap 22:18). A palavra inspiração se refere ao processo humano de registrar, sem erro, as próprias palavras e pensamentos de Deus.  E iluminação, se refere ao entendimento ou à compreensão que o Espírito Santo concede à pessoa que Lê ou ouve as palavras escritas na Bíblia.

1.4)         Permita que a verdade cumpra seus propósitos em sua vida diária.

·        A Escritura, por ser inspirada, é também útil. Útil pode significar “ser bem-sucedido ao realizar algum objetivo” (Is 55:10-11). A Palavra de Deus é sempre bem-sucedida em realizar seus objetivos. E quais são eles? Muito simples: a transformação da nossa vida e a edificação da igreja de Jesus.  Nossas crenças alteram nosso comportamento, nosso ensino molda nossa conduta, nossa doutrina determina nosso dever.

·        Primeiro, Paulo diz que a Biblia é útil para o ensino (2 Tm 3:16). Ou seja, a fonte da verdade provém diretamente de Deus por meio das paginas das Escrituras Sagradas.

·        A Palavra de Deus também é útil para a repreensão. O termo repreender originalmente significa “declarar que alguém cometeu delito, com a implicação de que há evidencias suficientes desse delito. Sem a Palavra de Deus não existe um padrão de moralidade- não há evidencias da verdade. NA BIBLIA, O QUE ESTÁ DITO ESTÁ DITO, POIS NELA NÃO HÁ ESPAÇO PARA VERDADES SUBJETIVAS.

·        O Terceiro beneficio das Escrituras é que elas servem para correção. O termo transmite o sentido de “endireitar”. Quando expomos nossa mente à verdade da Palavra de Deus, nossos pensamentos tortuosos são endireitados, nossa mente é renovada, o molde do mundo é rompido, somos remodelados à imagem de Cristo, e nossa paixão pela igreja de Jesus aumenta.

·        O quarto beneficio do texto inspirado: para a instrução na justiça.  A palavra pedagogia tem origem no termo grego traduzido como “educação”. Trata-se de um processo de crescimento que ocorre ao nos submetermos ao escrutínio das Escrituras.
·        “para que o homem de Deus seja apto e plenamente preparado para toda boa obra” (2 Tm 3:17). A Biblia não apenas revela o que está errado em nossa vida, mas também nos educa como cristãos, com a finalidade de nos habilitar e ajudar os outros. Essa é a característica da maturidade.

CONCLUSÃO: 1) JAMAIS ENCONTRAREMOS NOSSO CAMINHO SEM A BIBLIA. A Bíblia é o mapa e a bússola que Deus nos deu. Essa bussola sempre aponta para o norte; esse mapa sempre mostra o caminho correto ; 2) Não há como nos perdemos seguindo a Bíblia. Quanto mais conhecemos a Bíblia, mais intimidade teremos com o Senhor das Escrituras – e jamais nos perderemos

terça-feira, 7 de agosto de 2012


TEMPOS DIFÍCEIS SE APROXIMAM!       2 timoteo 3:1-5.   


·        Recomendação de Jesus: “astutos como as serpentes e sem malícia como as pombas (Mt 10:16). Precisamos compreender a época em que vivemos e as cultura à qual ministramos (João 15:18-21; João 16:1-3,33; 1 Pe 5:8-9 e 1 João 2:15-16; 1 João 4:1-3; 5:19).  A igreja precisa perceber que a verdadeira batalha é espiritual; e, para complicar as coisas, nosso verdadeiro inimigo é invisível. Um alerta de Paulo (Efesios 6:10-12, 16-18).

1)    Aviso geral: tempos difíceis se aproximam (2 Tm 3:1). 



·        saiba disto: nos últimos dias sobrevirão tempos terríveis”. Ou seja, QUERO QUE VOCE SAIBA DE UMA COISA...”. Em outras palavras: esteja atento, perceba, preste atenção, tenha isso sempre em mente”. A tradução de Eugene Petersen: “Não seja ingênuo, tempos difíceis vem por ai”.

·        Paulo diz,  1) estamos vivendo nos últimos dias; Cristo os trouxe consigo quando apareceu entre os homens; 2) estes dias incluirão tempos difíceis e perigosos; 3) serão decorrentes das atividades de homens maus e, em 4) devemos entender isso para ficarmos bem esclarecidos e assim estarmos preparados.

2)    Aviso específico: pessoas difíceis se aproximam.

·        “Não seja ingênuo. Tempos difíceis vêm por ai. À medida que o fim se aproxima, os homens vão se tornando EGOCENTRICOS (egoístas), LOUCOS POR DINHEIRO (avarentos), FANFARRÕES (jactanciosos), ARROGANTES, BLASFEMADORES (profanos), SEM RESPEITO PARA COM OS PAIS (desobediente aos pais), CRUEIS, GROSSEIROS, INTERESSEIROS SEM ESCRUPULOS, IRREDUTIVEIS, CALUNIADORES, SEM AUTOCONTROLE, SELVAGENS, CÍNICOS, TRAIÇOEIROS, IMPIEDOSOS, VAZIOS, VICIADOS EM SEXO E ALERGICOS A DEUS. Eles vão fazer da religião um espetáculo, mas nos bastidores se comportam como animais. Fique longe deles”.

 “Amantes de si mesmo”. 


Essa pessoa busca os bens materiais e as mais extravagantes experiências sensuais que o dinheiro pode comprar.  Adesivo de para-choque: “aquele que morrer com mais brinquedos vencerá”. Ou podia ser assim: “aquele que morrer com mais brinquedos terá sido a pessoa mais iludida do mundo!” (Lc 12:20).

·        “Jactanciosos”.
 Palavra usada para se referir a gente arrogante que gosta de impressionar as pessoas em conversas, sem se importar com a opinião dos outros a seus respeito.


·        “Arrogantes”.

 Refere-se aqueles que exibem uma atitude de “suposta superioridade”; isto é, tem uma opinião exagerada de si. É por isso que Paulo os chama de blasfemadores, termo que poderia ser traduzido como “que usam de palavras insultuosas” .

·        desobediente aos pais”. A expressão descreve aquelas pessoas grosseiras e insolentes com os pais.

·        Ingratos”.
Os ingratos são aquelas pessoas destituídas até do mais elementar senso de valor. Ingratidão é a negligencia em perceber o valor do sacrifício de outro individuo. Refere-se a um esquecimento deliberado do passado por causa da ganância cega do presente.  O que Deus espera de voce é gratidão. Isaias coloca desse modo (Isaias 51:1). Recorde-se daqueles que se sacrificaram para que voce se tornar o que é hoje - aqueles que o conhecem e, provavelmente, o amam mais do que qualquer outra pessoa jamais o amou nesse mundo. 


·        irreverentes”.

 São aqueles que não tem um relacionamento com Deus. São aqueles indivíduos egoístas que vivem na secularidade, sem qualquer ligação com as coisas santas de Deus e, mais que isso, sem qualquer desejo por essas coisas.

·        desafeiçoados”.  

Refere-se à ausência de desejos. Aplica-se a indivíduos que não demonstram nem mesmo as afeições mais básicas por seus irmãos, pais ou filhos.

·        implacáveis”. Termo que significa literalmente “sem trégua”. A palavra descreve o individuo que não está disposto a resolver conflitos ou a se reconciliar. Uma pergunta: há alguém que você precisa perdoar? Se houver, é bem provável que seja alguém de sua família? O que lhe impede? O orgulho (Ef 4:23; Mt 5:23-24).

2.2) Aviso sutil: perceba o perigo externo e também o interno (2 Tm 3:2-5).

·        Os caluniadores”.


Talvez você fique surpresa em saber que o termo original dessa palavra é diaboloi, literalmente: “demônios”. A forma singular geralmente se refere ao próprio Satanás, o supremo caluniador.  “se os bens de um homem são roubados, ele pode...reconstruir sua fortuna novamente; mas se seu nome é roubado, um dano irreparável foi cometido”. CALUNIAR É DIVULGAR INFORMAÇÕES QUE NÃO TEMOS CORAGEM DE DIZER NA PRESENÇA DA PESSOA EM QUESTÃO.

·        sem domínio de si”.


O individuo não é apenas incapaz de controlar sua língua como, pior, é incapaz de conter a si mesmo. O termo se refere à falta de controle, “especialmente no que se refere à luxúria corporal”.

·        Cruéis”. A palavra cruel se refere àquela atitude selvagem, sem nenhum traço de compaixão ou sensibilidade. É um termo usado para se referir a animais bravios que atacam sem piedade. Estamos falando daquele individuo que avança na vida passando rasteira nos outros em vez de trabalhar duro. Cuidado com essa pessoa; não se case e não a coloque no seu time de liderança na igreja.

·        inimigos do bem”. É aquela pessoa que perdeu o paladar para as coisas éticas e morais e se sente mal na presença de indivíduos verdadeiramente piedosos.
·        “traidores”, aparece ligado ao nome de Judas Iscariotes, considerado traiçoeiro (Lc 6:16). É uma palavra usada para se referir a quem se volta contra voce. A exemplo de Judas, é aquela pessoa que o acompanha durante anos e aparenta ser seu amigo. Contudo, certo dia, sem nenhum aviso, o individuo o surpreende agindo com deslealdade, fingimento e traição.

·        atrevidos e enfatuados”. O primeiro se refere às pessoas cujo modo de agir é impulsivo e irresponsavel. São aqueles que agem antes e pensam depois. O segundo, a principio, parece sinônimo dos termos presunçosos e arrogantes.

CONCLUSÃO:


 "tem forma de piedade, negando-lhe, entretanto, o poder”. Esse tipo de “hipocrisia santa” cria uma esquizofrenia espiritual em nossos lares e em nossas congregações. Crianças e igrejas que crescem nesse contexto se tornam confusas quando tentam entender onde a verdade termina e a mentira começa, especialmente se seus pais e pastores defendem esse estilo de vida.

a verdade religião combina forma e poder. Não se trata de uma forma externa, sem poder. Promove uma adoração que é essencialmente “espiritual”, que nasce do coração, mas que se expressa em cultos públicos na comunidade, com conseqüências no comportamento moral".

domingo, 5 de agosto de 2012


Correndo a corrida cristã
Portanto, também nós, uma vez que estamos rodeados por tão grande nuvem de testemunhas, livremo-nos de tudo o que nos atrapalha e do pecado que nos envolve, e corramos com perseverança a corrida que nos é proposta, tendo os olhos fitos em Jesus.
Hebreus 12.1-2

Os jogos gregos eram bastante populares nos tempos antigos. Como a cultura grega permeava o Império Romano, os jogos eram praticados em todo o Império. Em cada cidade havia um anfiteatro, no qual os atletas exibiam suas proezas diante de multidões imensas e entusiasmadas, disputando corridas, lutas, lançamento de dardos e corridas de carruagens. No Novo Testamento, a vida cristã é comparada muitas vezes a uma corrida atlética, não porque estejamos competindo uns com os outros, mas pela demanda de autodisciplina. A preocupação do nosso autor é a de que “corramos com perseverança a corrida que nos é proposta” (v. 1). A impressão que temos é de um treinador instruindo os atletas numa competição. Para conseguir um bom desempenho, três requisitos são necessários. 

Primeiro, lembre-se dos espectadores! “Estamos rodeados por tão grande nuvem de testemunhas”, ele escreve (v. 1), referindo-se certamente aos heróis da fé no Antigo Testamento, citados no capítulo 11, e provavelmente aos seus equivalentes no Novo Testamento. Mas em que sentido eles são “testemunhas”? O autor provavelmente está se referindo ao testemunho que eles deram sobre a terra. Poderíamos incluir os cristãos mortos que estão nos assistindo do céu? Teoricamente, penso que sim, porque lemos que estamos “rodeados” por eles, sugerindo inúmeras fileiras repletas de espectadores empolgados no anfiteatro local. Lembrar dos espectadores significa inspirar-se neles para buscar um melhor desempenho.

Segundo, treine! Todos os atletas sérios se sujeitam a uma árdua disciplina que inclui o controle de alimentos, bebidas, exercícios e sono. E para obter um bom desempenho durante a corrida é preciso eliminar o excesso de peso e as roupas inadequadas. Na corrida cristã isso significa abandonar o “peso” do pecado e outros “pesos” que podem não ser pecaminosos em si, mas que atrapalham o desempenho na corrida.

Terceiro, mantenha os olhos na linha de chegada! Os atletas cristãos devem evitar todo tipo de distração e manter os olhos fixos em Jesus, imaginando-o em pé ao lado da linha de chegada. “Pensem bem naquele que suportou a cruz e a oposição dos pecadores contra si mesmo, para que vocês também não desanimem” (12.3), escreve o autor. 

Assim, cercados por testemunhas, desfrutando dos benefícios de uma disciplina rígida e fixando os olhos em Jesus, correremos nossa prova com perseverança, sem nem sequer cogitar da possibilidade de abandoná-la.

Leitura recomendada: Hebreus 12.1-3

>>> Retirado de A Bíblia Toda, O Ano Todo (Editora Ultimato, 2007)

quinta-feira, 2 de agosto de 2012

CUIDADO COM AS PIRIGUETES!



Há muito se sabe que os homens são atraídos pelo olhar. Não é segredo pra ninguém que um homem consegue se excitar em questão de segundos, basta deslizar os olhos pelas curvas bem distribuídas de uma mulher, estando ela de roupa ou não. Existe uma comparação muito antiga e verdadeira que diz: "os homens são como forno elétrico, “acendem” num piscar de olhos, e as mulheres como forno a lenha, precisam de uma boa dose de carinho, atenção e afeto para que surja a primeira chama." 

Não, os homens não agem desta forma porque são tarados e maníacos sexuais, mas sim por causa da sua formação neurológica e hormonal. Eles foram criados assim! “Quer dizer então que se o meu marido trabalha com uma periguete vai passar o dia excitado e ardendo em desejo?” Depende. Se vocês tiverem uma vida sexual satisfatória e seu marido for um homem temente a Deus, capaz de controlar seus olhos e pensamentos, um decote ou bumbum bonitinho não causará muito estrago. Mas infelizmente esta não é a realidade da grande maioria dos casamentos. E existe algo que agrava um pouco mais a situação: a maneira como nós, mulheres, nos vestimos. E é sobre este assunto que quero falar.

Está em alta uma nova moda, uma moda que chegou para destruir vidas e relacionamentos. Estou falando do "estilo periguete”. Vamos juntos analisar alguns modelitos:

- Saias abajur de perereca - criada para cobrir nádegas e pelos pubianos, apenas;
- Blusinhas guardanapo - peça produzida para evitar que os mamilos apareçam;
- Vestidinho saída de banho - união das duas peças acima, mas com uma vantagem: cobre o umbigo;
- Peças segunda pele - deixa tudo em relevo, inclusive a cicatriz da cirurgia de apendicite.

O interessante, é que as adeptas a esse estilo não sentem frio. Não sei qual o segredo. Talvez o fogo que vem de dentro. Mas notei que quando a temperatura está abaixo de 10°C, o problema é solucionado com um casaquinho e uma meia arrastão.

“Meu Deus, mas essas moças estão por todos os lados! Será que consigo me refugiar dentro da igreja?” Sinto-lhe informar, mas o estilo periguete já adentrou o mundo gospel. Os modelitos não chegam a ser tão ousados, mas também causam estrago. A moda gospel conta com peças segunda pele, decotes ousados e blusinhas puxa-puxa: uma mão levantada pra louvar e a outra puxando a blusa para evitar que a barriga apareça. 


“Ai Dani, mas que exagero!” Não, não estou exagerando. Há uns 2 meses atrás, uma esposa compartilhou comigo que seu marido havia passado todo o período do culto desnorteado. Não conseguiu prestar atenção em uma palavra sequer, por conta de um bumbum bem modelado em uma calça jeans agarrada no banco da frente. Este bumbum pertencia a uma mulher casada e mãe de dois filhos. Escutei também o desabafo de um esposo: “Durante os cânticos da igreja, tenho que permanecer de olhos fechados, por conta dos decotes, calças agarradas e barriguinhas das meninas que cantam no louvor". Não, não os culpo por isso. Lembre-se que um homem “acende” apenas com o toque de um botão, os olhos. E não demora muito para que o pensamento pegue fogo. E se este homem não for tremendamente comprometido com Deus e com sua esposa, um incêndio se inicia. Este incêndio se alastra lentamente, levando consigo a paz do seu casamento.

Mulheres, estamos levando os homens ao adultério com nosso modo de vestir! “Mas eu lhes digo: Qualquer que olhar para uma mulher e deseja-la, já cometeu adultério com ela no seu coração” Mateus 5:28. “Mas Dani, os homens deveriam controlar suas mentes e olhos!” Sim, eu creio nisto, mas nós podemos facilitar, e muito, este trabalho. Como? Sendo mais críticas ao analisarmos nossa imagem no espelho. Se você for casada, ao se vestir, pergunte ao seu marido se ele se excitaria ao ver uma mulher vestida desta forma. Preste atenção se a roupa salienta demais o seu bumbum. Se precisar abaixar, os seus seios ficarão a mostra? Se precisar levantar as mãos a barriga vai aparecer? A roupa é tão agarrada que mostra cada uma das suas curvas?
Quando somos sensuais e ousadas no nosso modo de vestir, transmitimos a seguinte mensagem: "É isto que eu sou! Este é o melhor que tenho a oferecer". É como se apertássemos com nossos próprios dedos os “botões de excitar” de todos os homens que passam por nós, casados ou não. Talvez, sem saber, já tenhamos sido motivo de discórdia entre um casal e quem sabe até de uma separação. Isso é realmente triste e trágico! Por outro lado, quando nos vestimos de forma decente e discreta, fazemos com que as pessoas enxerguem em nós qualidades que provavelmente ficariam ocultas atrás de um belo decote. 


O diabo trabalha duro para te fazer acreditar que terá toda a sua carência emocional suprida se exibir o seu corpo com uma boa dose de sensualidade. É bem provável que até consiga se sentir querida e desejada por um período de tempo, mas é certo que sairá ferida de qualquer relacionamento que se inicie com esta motivação. Um homem que mostra interesse em uma mulher que expõe seu corpo dessa forma, deseja usufruir de tudo aquilo que tem enchido os seus olhos, mesmo que para isso seja necessário dizer um “eu te amo” ou “você é a mulher da minha vida”. Sim, os crentes também fazem isto. E depois que ele estiver bem satisfeito, vai descartá-la como um simples objeto, afinal, não foi isso que você mostrou ser? Um belo pedaço de carne?

Aos pais, eu digo: não permita que sua filha se exponha desta maneira. Ensine-a a se vestir e se portar como uma dama. Li um relato no livro Educando Meninas, de uma jovem de 16 anos que se vestira indecentemente para sair com seus amigos. Ela passou pelo seu pai, esperando ser barrada, mas ele apenas a abraçou e disse: “Juízo minha filha!” Ela deu um sorrido e saiu desapontada. Confessou ao autor do livro que o seu maior desejo naquele momento era que seu pai a tivesse impedido de sair vestida daquela maneira: “Eu provavelmente iria me chatear e retrucar, mas teria a certeza de que meu pai realmente se importa comigo.” Mulheres que se portam como vadias, atrairão cafajestes. Quer se casar com um cavalheiro? Então porte-se como uma dama!

Aos homens, o próprio Jesus diz: "Os olhos são a candeia do corpo. Se os seus olhos forem bons, todo o seu corpo será cheio de luz. Mas se os seus olhos forem maus, todo o seu corpo será cheio de trevas. Portanto, se a luz que está dentro de você são trevas, que tremendas trevas serão!" Mateus 6:22-23. Se uma mulher muito atraente passar por você (pessoalmente, na tv ou internet), não olhe a segunda vez. Quando aprender a dominar os seus olhos, vai perceber que é muito mais fácil controlar o restante do corpo. Mas isso não acontece do dia pra noite. É uma questão de treino. E para isto, te indico um excelente personal trainer, aliás, o melhor deles: Jesus!

Agora falo às meninas e mulheres: Guarde seu corpo, proteja-o. Ele é templo do Espírito Santo de Deus: “Acaso não sabem que o corpo de vocês é santuário do Espírito Santo que habita em vocês, que lhes foi dado por Deus, e que vocês não são de si mesmos? Vocês foram comprados por alto preço. Portanto, glorifiquem a Deus com o corpo de vocês." 1 Coríntios 6: 19 e 20. Não permita que outros homens roubem com os olhos aquilo que pertence a seu marido (ou futuro marido). Agindo desta forma, você estará preservando a sua saúde emocional, espiritual, o seu casamento (ou futuro casamento) e também o relacionamento de muitas outras pessoas.

De vez em quando, minha filha vê na televisão mulheres com roupas minúsculas, dançando e rebolando. Evitamos expô-la a esse tipo de programa, mas nem sempre é possível, por isso, já conversamos sobre o assunto. Explicamos a ela que o nosso corpo é muito especial, e só deve ser mostrado dessa forma ao nosso cônjuge. O próprio Deus habita em nós, e que Ele se entristece com esse tipo de comportamento. Como posso permitir que outros homens devorem com os olhos aquilo que pertence ao meu marido? Ela entendeu o recado e hoje, não se sente bem quando presencia essas cenas.

Lembre-se: A sua carne deseja as coisas deste mundo, ela vai tentar seduzi-la e arrastá-la: "Cada um, porém, é tentado pela própria cobiça, sendo por esta arrastado e seduzido. Então a cobiça, tendo engravidado, dá à luz o pecado, e o pecado, após ter-se consumado, gera a morte." Tiago 1:14-15. O vazio no seu peito e a necessidade de se sentir amada e desejada não pode ser suprida por um homem. Só Deus pode suprir sua carência emocional. Se você não teve um pai que foi amigo, companheiro, seu maior admirador e ao mesmo tempo um exemplo de autoridade, é muito provável que você busque inconscientemente suprir esta falta com os homens que passarem pela sua vida, seduzindo-os através do seu corpo e modo de vestir. Pesquisas comprovam isto. Mas saiba que a única coisa que vai colher é decepção e frustração, pois como diz o versículo, o pecado após ter sido consumado, gera a morte. Morte espiritual.

Deus pode enchê-la de tal forma e fazê-la tão feliz, que a sua busca desesperada chegará ao fim, busque-o! “Se vocês, apesar de serem maus, sabem dar boas coisas aos seus filhos, quanto mais o Pai que está no céu dará o Espírito Santo a quem o pedir!" Lucas 11:13”. "Vocês me procurarão e me acharão quando me procurarem de todo o coração. Eu me deixarei ser encontrado por vocês", diz o Senhor". Jeremias 29:13-14.

Estando cheia do Espírito Santo, você se sentirá bastante incomodada ao utilizar uma peça de roupa indecente. O próprio Deus irá te conduzir a cuidar e preservar o seu corpo, fazendo com que as pessoas sejam atraídas não pelo seu modo de vestir, mas sim pelo(a) seu/sua:

Cheiro: "Mas graças a Deus, que sempre nos conduz vitoriosamente em Cristo e por nosso intermédio exala em todo lugar a fragrância do seu conhecimento, porque para Deus somos o aroma de Cristo entre os que estão sendo salvos e os que estão perecendo". 2 Coríntios 2:14-15 .

Luz: "Disse Jesus: Eu sou a luz do mundo. Quem me segue, nunca andará em trevas, mas terá a luz da vida". João 8:12. "Vocês são a luz do mundo. Assim brilhe a luz de vocês diante dos homens, para que vejam as suas boas obras e glorifiquem ao Pai de vocês, que está nos céus". Mateus 5:14 e 16

Vida: "Respondeu Jesus: Eu sou o caminho, a verdade e a vida. Ninguém vem ao Pai, a não ser por mim." João 14:6. "Disse-lhe Jesus: Eu sou a ressurreição e a vida, quem crê em mim, ainda que esteja morto, viverá". João 11:25

Alimento: "Então Jesus declarou: "Eu sou o pão da vida. Aquele que vem a mim nunca terá fome, aquele que crê em mim nunca terá sede". João 6:35

Água: "Jesus respondeu: Quem beber desta água (comum) terá sede outra vez, mas quem beber da Água que eu lhe der nunca mais terá sede. Pelo contrário, a Água que eu lhe der se tornará nele uma fonte de Água a jorrar para a vida eterna". João 4:13-14


"A beleza de vocês não deve estar nos enfeites exteriores, como cabelos trançados e jóias de ouro ou roupas finas. Pelo contrário, esteja no ser interior, que não perece, beleza demonstrada num espírito dócil e tranqüilo, o que é de grande valor para Deus." 1 Pedro 3:3-4

Não quero com esse texto trazer condenação a ninguém, afinal: "nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus, que não andam segundo a carne, mas segundo o Espírito". Romanos 8:1

Eu, assim como vocês, ainda estou aprendendo. Sou apenas uma aluna, talvez uma das piores... Meu desejo é o de aprender para poder ajudar e ensinar a outros. E para isso, conto com o melhor dos professores: "Nós, porém, não recebemos o espírito do mundo, mas o Espírito procedente de Deus, para que entendamos as coisas que Deus nos tem dado gratuitamente. Delas também falamos, não com palavras ensinadas pela sabedoria humana, mas com palavras ensinadas pelo Espírito, interpretando verdades espirituais para os que são espirituais". 1 Coríntios 2:12-13

Te convido a fazer parte desta turma. Hoje!